Quais são os métodos de Fertilização In Vitro?

Quais são os métodos de Fertilização In Vitro?2018-07-08T22:00:38+00:00

A Fertilização in Vitro pode ser classificada principalmente conforme o tipo do estímulo medicamentoso ovariano (convencional versus Fertilização in Vitro Simplificada) e também conforme o tipo de fertilização (clássica versus injeção intracitoplasmática de espermatozóides).

Tipo do estímulo medicamentoso ovariano (Convencional versus Fertilização in Vitro Simplificada)

Na Fertilização In Vitro convencional, amplamente utilizada no passado, são utilizadas altas doses de medicações para o hiperestímulo ovariano. Por utilizar doses altas de medicação são necessários vários exames de sangue para a dosagem dos hormônios durante o tratamento. Estas doses mais altas trazem consigo grande desconforto à paciente, bem como riscos sérios à saúde (como a síndrome do hiperestímulo ovariano), sem benefícios ao resultado do tratamento.

Estudos recentes demonstram que doses mais altas de medicamentos estão relacionadas com diminuição nas chances de gravidez, independente da idade ou do número de embriões obtidos. O desequilíbrio hormonal gerado é um dos responsáveis por esta diminuição das chances, motivo pelo qual alguns especialistas acabavam tendo que congelar todos os embriões para transferência em outros ciclos sem o hiperestímulo.

Já na Fertilização In Vitro Simplificada, técnica desenvolvida pelo Dr. Karam Saab ao longo de 35 anos de experiência, a dose de medicações indutoras de ovulação é individualizada para cada paciente, sem que haja exageros ou desperdícios. Consequentemente diminui-se muito o desconforto da paciente, reduzindo os riscos praticamente a zero. Os níveis hormonais mantêm-se muito próximos dos níveis normais, o que afasta a necessidade de congelamento de todos os embriões e aumenta as chances de gravidez.

Existiam alegações de que quanto maior o número de óvulos maiores as chances de sucesso. Hoje está comprovado que o excesso de medicações prejudica a qualidade dos óvulos e consequentemente dos embriões. Mesmo quando a paciente é “má-respondedora” o aumento na dose das medicações não aumenta o número de óvulos, pois neste caso os ovários têm uma capacidade de resposta limitada.

Outro benefício da Fertilização In Vitro Simplificada é a diminuição expressiva do custo das medicações, que pode chegar a um quinto do gasto na Fertilização In Vitro (FIV) Convencional, com resultados potencialmente melhores de gravidez. Hoje já são mais de 3.500 bebês vivos gerados no Centro de Fertilidade Saab através desta técnica.

Tipo de Fertilização (clássica versus injeção intracitoplasmática de espermatozóides):

A Fertilização In Vitro Clássica era amplamente realizada no passado. Foi a primeira modalidade a ser desenvolvida. Nela os óvulos captados são mantidos em contato direto com o sêmen preparado, para que os espermatozóides realizem a fertilização.

Neste tipo de Fertilização In Vitro não é realizada a escolha do espermatozóide, nem a injeção do mesmo dentro do óvulo. A fertilização depende da capacidade e da quantidade dos espermatozóides disponíveis na amostra. AFertilização In Vitro Clássica tem o inconveniente de não poder ser indicada para casais com contagem de espermatozóides muito baixa, e também acaba tendo um índice de fertilização inferior à Fertilização In Vitro com injeção intracitoplasmática de espermatozóides (ICSI). Na Fertilização In Vitro com ICSI os óvulos captados são fertilizados com os espermatozóides escolhidos, conforme sua forma e vitalidade, e então são injetados nos óvulos por meio de um robô conectado a uma finíssima agulha, um por vez.

Esta modalidade disponibiliza solução para os casos com contagens muito baixas de espermatozóides, e também têm índices de fertilização bem melhores.

Para saber qual é o tratamento de fertilidade mais indicado para o seu caso, agende uma consulta no Centro de Fertilidade Saab. São mais de 30 anos de experiência e mais de 3500 gestações assistidas.

Conheça nossos tratamentos mais procurados

FIV SIMPLIFICADA

FIV NATURAL

PGD DIAGNÓSTICO PRÉ-IMPLANTACIONAL

Conheça Nossos Planos

FIV por
Tentativa

O custo é por tentativa de Fertilização In Vitro. Inclui ecografias de controle, sedação, punção ovariana, ICSI, Super ICSI, Hatching e transferência embrionária.

2
Tentativas

Valor cobrado para pacote de duas tentativas de Fertilização In Vitro. Inclui ecografias de controle, sedação, punção ovariana, ICSI, Super ICSI, Hatching e transferência embrionária.

3
Tentativas

Valor cobrado para pacote de três tentativas de Fertilização In Vitro. Inclui ecografias de controle, sedação, punção ovariana, ICSI, Super ICSI, Hatching e transferência embrionária.

Tentativas
ILIMITADAS

Cobre tentativas ilimitadas até a confirmação da gestação com confirmação de batimentos cardíacos fetais presentes. Inclui ecografias de controle, sedação, punção ovariana, ICSI, Super ICSI, Hatching e transferência embrionária. Confira pré-requisitos.

Plano
REGRESSIVO

Nesta modalidade os custos são regressivos até a quarta tentativa. Inclui ecografias de controle, sedação, punção ovariana, ICSI, Super ICSI, Hatching e transferência embrionária.

Plano
PARCELADO
ANTECIPADO

Pagamento parcelado e concluído antes da realização do procedimento. Inclui ecografias de controle, sedação, punção ovariana, ICSI, Super ICSI, Hatching e transferência embrionária.

FORMAS DE
Pagamento

Consulte parcelamentos e outras formas de pagamento.

Vem de Outra Cidade?