O Doutor Karam Abou Saab é o idealizador e diretor clínico do Centro de Fertilidade. Desde 1982, é professor de Reprodução Humana da faculdade de Medicina da Universidade Federal do Paraná.

Responsável pelo nascimento do primeiro bebê de proveta do estado do Paraná, sendo um dos pioneiros no desenvolvimento desse ramo da medicina no Brasil.

O Dr. Karam sempre esteve à frente no desenvolvimento de novas ténicas de fertilização, e também de avanços da medicina no Brasil, sendo o primeiro médico do país a realizar a gestação em mulher menopausada.

Além do reconhecimento entre os profissionais brasileiros, o Dr. Karam Abou Saab também é referência no exterior, onde foi reconhecido como o primeiro médico no mundo a realizar por vídeo-laparoscopia a cirurgia de reversão de laqueadura tubárea.

Confira abaixo um breve histórico da carreira do Dr. Karam:

  • 1969: Aos 16 anos de idade, foi o primeiro classificado no vestibular para a faculdade de medicina da Universidade Federal do Paraná (UFPR);
  • 1974: Formado pela faculdade de medicina da UFPR;
  • 1977: Término da residência médica em ginecologia e obstetrícia no Hospital de Clínicas da UFPR;
  • 1982: Professor de reprodução humana da faculdade de medicina da UFPR;
  • 1986: Responsável pelo nascimento do primeiro bebê de proveta do Paraná, fazendo deste o segundo estado brasileiro a dominar esta técnica;
  • 1992: Responsável pela primeira gestação no Brasil obtida através de doação de óvulos em mulher na menopausa;
  • 1992: Responsável pelo primeiro nascimento no mundo em mulher submetida à reversão de laqueadura tubária, realizada por vídeo-laparoscopia;
  • 1993: Responsável pela primeira gestação no Brasil por Fertilização In Vitro com espermatozóides obtidos por punção de epidídimo (testículos) de homem paraplégico;
  • 2006: Assumiu a chefia do serviço de Reprodução Humana do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Enquanto chefe do serviço de Reprodução Humana do Hospital de Clínicas da UFPR estabeleceu convenio entre UFPR e Centro Paranaense de Fertilidade, ofertando mensalmente 10 ciclos gratuitos de FIV. Veja aqui o contrato de convenio e os motivos da suspensão do mesmo.