Em 10% dos casais que não engravidam encontramos todos os exames normais. Importante lembrar que qualquer exame pode apresentar falhas na sua avaliação e não existem exames práticos que avaliem a interação óvulo-espermatozóide a não ser a própria FIV, que já é um tratamento.

Atualmente com os avanços terapêuticos, maior eficácia e custos mais favoráveis da Reprodução Assistida, incluindo-se Inseminação e Fertilização “in vitro”, diminuiu a obsessão pelo diagnóstico já que geralmente os tratamentos são eficientes, mesmo na ausência de um diagnóstico preciso.

Causas da Infertilidade