Os homens são responsáveis por quase a metade dos casos de infertilidade, geralmente devido à produção deficiente de espermatozóides em quantidade ou qualidade.

Estas deficiências ocorrem em conseqüência de anomalias congênitas, isto é, a pessoa nasce com o defeito, ou adquiridas como infecções, stress, poluição ou drogas e, algumas vezes, secundárias a varizes peri-testiculares conhecidas como varicocele.

O sêmen, colhido por masturbação, permite em exame ao microscópio, a avaliação dos espermatozoides, exame conhecido como espermograma.

A escolha do tratamento depende do diagnóstico e da qualidade dos espermatozóides. Rotineiramente opta-se inicialmente por tratamentos mais simples e quando estes falham, indicam-se os mais sofisticados e eficientes.

Causas da Infertilidade