Quarenta por cento dos casos de infertilidade são de responsabilidade do homem e geralmente por produção deficiente de espermatozoides.

As mulheres são responsáveis por 60% dos casos de infertilidade, assim divididos: fator tubáreo (30%), fator ovariano (25%), endometriose (25%), fator uterino (10%), fator cervical (5%) e fator psicológico (5%).

Frequentemente marido e mulher apresentam anormalidades simultaneamente.

Em 10% dos casais inférteis todos os exames serão normais, não sendo possível determinar a causa. Estes casos serão rotulados como Infertilidade Sem Causa Aparente.